Morre o empresário Ireno José Matte

O empresário que completou 78 anos nesta semana teve um infarto na madrugada de sábado

08 de Setembro de 2018
  • Ouvir

    Morre o empresário Ireno José Matte

  • Faleceu na madrugada de hoje, 08, em Pinhalzinho, o empresário Ireno José Matte. O velório está ocorrendo na Capela Mortuária e o sepultamento no Cemitério Municipal será ás 16h30m. Ireno faleceu de infarto por volta da 01h30m da madrugada de sábado, na mesma semana em que completou 78 anos.

    ENTREVISTA

    Ireno José Matte falou aos microfones da RCO em momentos importantes da empresa, da cidade e da região. Clique no player e ouça falas de Ireno sobre o surgimento da empresa, a história de Pinhalzinho, a morte de Luis Henrique da Silveira e a tragédia com o avião da Chapecoense, em entrevistas concedidas ao repórter Roni Oliveira.

    HISTÓRICO

    No dia 14 de setembro de 1960, na Vila São João, município de São Carlos - SC nascia a empresa IRENO JOSÉ MATTE & CIA LTDA, uma pequena funilaria que na época fabricava bacias, baldes, tachos, latas, telas para cercas, chuveiros de campana e chaminés para fogões a lenha, fundada pelo Sr. Ireno José Matte e sua esposa Sra. Clarice Matte.

    Em 12 de julho de 1966, a família Matte se muda para o município de Pinhalzinho - SC, transferindo sua empresa para uma nova sede. A empresa começou a atuar, além da funilaria, com reformas de fogões a lenha.

    Em março de 1970, iniciou-se a fabricação de peças e montagem de fogões a lenha. Ireno José Matte, então, decide homenagear sua esposa, Clarice Matte, colocando seu nome já nos primeiros fogões fabricados. Assim nasceu a marca Clarice.

    Em 19 de outubro de 1980 foi criada uma segunda empresa, denominada UDESCA - Usina de Esmaltados Clarice Ltda., localizada em Salto Santa Terezinha, Pinhalzinho - SC, com uma área construída de 900 m².

    A boa aceitação dos produtos Clarice marca a trajetória da empresa desde o seu surgimento, fator que também fez com que mais investimentos fossem realizados. Exemplo disso foi a transferência das instalações para área no Distrito Industrial Leste, às margens da BR 282, no km 575. Nesse local são mais de dez mil metros quadrados de área construída, com capacidade para produzir 2 mil fogões por dia.

    Últimas notícias