Bombeiro que atendeu vítimas conta detalhes de assassinatos em Saudades

Segundo o soldado, agressor questionava quantas pessoas tinha matado

Há 2d

O soldado Blazech foi um dos primeiros socorristas a adentrar na creche onde três crianças e duas professoras morreram, após um ataque brutal de um jovem que portava uma arma de grande porte, em Saudades, no Oeste de Santa Catarina. Em entrevista o bombeiro relatou que no local havia muita correria e desespero.

- “Na hora que os populares chegaram antes da gente e se depararam com a situação, ele pegou o facão que tinha e tentou cortar o próprio pescoço, ele tinha bastante sangramento e aparentemente estava bem perturbado, questionava quantas pessoas tinha matado, que queria morrer, então assim um crime cometido a sangue frio”, explicou.

Por volta das 14h, o Instituto Geral de Perícias (IGP) encontrou o objeto cortante usado na ação.Bombeiro que atendeu vítimas conta detalhes de assassinatos em Saudades

 

Últimas notícias