Governo catarinense antecipa imunização de municípios que fazem fronteira com Argentina

O objetivo é criar barreira imunológica para evitar a contaminação das variantes do Covid-19

Há 7d
  • Ouvir

    Governo catarinense antecipa imunização de municípios que fazem fronteira com Argentina

  •  

     

    O Governo de Santa Catarina quer antecipar a imunização em municípios que fazem fronteira Brasil/Argentina. A intenção é aplicar a primeira dose na população de 18 a 39 anos nas próximas semanas. Estão na lista municípios de Bandeirante, Belmonte, Dionísio Cerqueira, Guaraciaba, Itapiranga, Paraíso, Princesa, Santa Helena, São José do Cedro e Tunápolis. Serão necessárias cerca de 25 mil doses para atingir todos os adultos dos 10 municípios citados anteriormente.

    De acordo com o secretário de saúde de Santa Catarina, o objetivo é evitar a entrada de novas variantes do Covid-19 no Estado. “O governo de Santa Catarina com a autorização do Ministério da Saúde, decide em parceria com os secretários de saúde do Estado, aplicar em massa na população dos municípios que fazem fronteira Brasil/Agentina. Essa é um incentivo do Ministério da Saúde para proteger as fronteiras do país”, explica André.

    De acordo com informações divulgados no site do governo catarinense, o país argentino detectou até o momento, 93 amostras das variantes Lambda e Delta.

    Últimas notícias

    4

    Festival das Escolinhas estimula crianças no esporte

    As atividades estão em andamento pela cultura e esportes de Pinhalzinho ...leia mais
    Há 14h