CRAS de União do Oeste recebe novas orientações para os atendimentos aos Beneficiários do INSS

Agendamentos e requerimentos devem ser realizados pelo próprio requente

15 de Setembro de 2021
  • Ouvir

    CRAS de União do Oeste recebe novas orientações para os atendimentos aos Beneficiários do INSS

  •  

    Da forma como será para todos os municípios catarinenses, União do Oeste recebeu uma Nota Conjunta, enviada pela Diretoria de Assistência Social da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e pela Superintendência da Regional Sul (INSS) onde orienta as equipes da Rede Socioassistencial em auxiliar os usuários dos benefícios previdenciários e assistenciais e encaminhá-los aos canais de atendimento remoto do INSS.

    A Assistente Social do CRAS Dianei Serina, comenta sobre como será estes atendimentos. “Desde julho de 2019 a emissão de requerimentos e agendamentos dos atendimentos junto à Previdência Social deixou de ser feita presencialmente e passou a ser por canais remotos – pela central 135. Atende via contato de telefone fixo ou celular e aplicativo “Meu INSS” que pode ser acessado por computador ou celular”, destaca assistente da pasta.

    Abaixo confira algumas orientações repassadas pela Nota Conjunta:

    - Compete a Rede Socioassistencial acolher a demanda dos usuários requerentes dos benefícios previdenciários e assistenciais e encaminhá-los/às aos canais de atendimento remoto do INSS, sinalizando a Central 135 (com funcionamento de segunda a sábado, das 7h às 22h) e o aplicativo “Meu INSS”.

    - A criação de login e senha para acesso ao "Meu INSS", bem como a entrada de requerimentos ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou benefícios previdenciários (aposentadorias, pensões, auxílios-doença, salário maternidade, entre outros) no sistema do INSS são de responsabilidade dos/as requerentes, cabendo aos/servidores das Agências do INSS prestar orientação junto aos segurados que encontrarem dificuldades no acesso através dos canais remotos de atendimento.

    - Desta forma, reitera-se que não compete às equipes da rede socioassistencial atribuições administrativas tais como: criar senhas de acesso ao “Meu INSS”, digitalizar e inserir documentos no sistema do INSS, contatar a Central 135 ou ainda realizar quaisquer agendamentos, orientações e cálculos referente aos benefícios previdenciários.

    Destaca-se que, no que se refere ao BPC a Rede Socioassistencial realizará a inscrição do/a usuário/a requerente ao BPC e de sua família no Cadastro Único, bem como irá identificar a necessidade – ou não – de inclusão do beneficiário e sua família em acompanhamento pelos serviços socioassistenciais, garantindo desta forma a integração de Serviços e Benefícios previsto na Resolução CIT Nº 7/2009.

    Últimas notícias