Conselho Tutelar de Águas Frias realiza Pedágio contra o abuso e exploração sexual

Movimento de conscientização teve o apoio do CRAS e Secretaria de assistência social

23 de Setembro de 2021

As ruas de Águas Frias tiveram pedágio nesta quarta-feira (22), não havia cobranças, mas sim a conscientização contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. A iniciativa do conselho tutelar do município contou com o apoio do CRAS e da secretaria de assistência social, onde veículos foram adesivados e pessoas abordadas para ouvir e ver o material da campanha.

A coordenadora do Conselho Tutelar, Raquel Ribeiro, conta como foi esse trabalho desenvolvido na capital do abraço. “A iniciativa partiu em nosso grupo de colegiado com intuito de conscientizar as pessoas sobre a importância de denunciar qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes, esse é um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Conselho tutelar desde do mês de maio, onde foi feita a campanha em nível nacional e agora no mês de setembro, no dia 24, a gente tem o dia estadual. Aproveitamos para falar sobre a importância da população em estar consciente de que qualquer tipo de abusar deve ser denunciado e devido esse ano ainda estarmos vivendo uma situação de não podemos juntar as pessoas para uma palestra ou fazer um trabalho juntamente com as escolas, decidimos passar essa informação essa orientação para as pessoas nas ruas, através desse pedágio, onde conseguimos adesivar em média de 500 carros. Foi um trabalho satisfatório pois houve a colaboração dos motoristas que paravam seus veículos escutavam o que tínhamos para falar” aponta a conselheira.

Segundo dados do conselho tutelar de Águas Frias, hoje não há nenhum caso de abuso sexual que tenha conhecimento. Raquel aproveita para citar os meios que podem ser feitas as denúncias. “Pode ser feita (a denúncia) através do nosso telefone fixo no conselho que é o 3332-0069 ou também pelo nosso telefone que contém WhatsApp 99106-2314, qualquer pessoa que saiba, que seja testemunha desse crime ou até mesmo a própria vítima podem estar fazendo essa denúncia. Se você desconfia, saiba de algum caso de abuso sexual contra criança e adolescente ou qualquer ato de violência, denuncie, você não precisa apresentar provas apenas a denúncia. As pessoas que tenham alguma dúvida em relação ao trabalho do Conselho tutelar é um trabalho totalmente sigiloso o nosso trabalho ele não aparece devido a nossa ética e sigilo, mas nós estamos aqui para apresentar nossos serviços a toda a população, não feche os olhos, quebre esse silêncio pois abuso sexual é crime” conclui ela.

Últimas notícias

6

Cadela maltratada vira mascote da PRF em Concórdia e tem 12 filhotes

Entre as famílias que adotaram os pets está a de Nilyan Pacheco, de 7 anos ...leia mais
Há 23h