Briga por som alto que terminou com esfaqueados terá julgamento

O Promotor Edisson de Melo Menezes fará a acusação em Pinhalzinho

23 de Novembro de 2021

Na próxima sexta-feira, dia 26, acontece mais um julgamento no Fórum de Pinhalzinho, a acusação será efetuada pelo Promotor de Justiça Edisson de Melo Menezes. O caso é de janeiro de 2017, quando por volta das 20h30 da noite, naquela oportunidade, no interior de Pinhalzinho, o réu atingiu com uma faca duas vítimas, ambos os feridos foram imediatamente socorridos e receberam eficaz atendimento médico.

De acordo com o Ministério Público, o acusado praticou as agressões inicialmente contra o filho da sua ex-companheira, tentando sufocá-lo e em seguida desferindo golpes com o objeto cortante. A mulher por sua vez, passou a ser esfaqueada quando saiu em defesa do jovem.

Conforme a denúncia, os crimes foram cometidos por motivo fútil, porque o morador praticou os delitos em razão de ter discutido com sua ex por causa do alto volume do rádio. Segundo informações, o preso fugiu da cadeia e foi capturado no Paraguai.

 

Últimas notícias

4

Papai Noel há 40 anos alegra Natal de crianças em Pinhalzinho

Narciso José Maria, corre atrás de doces e brinquedos para doar ...leia mais
Há 11h