Carne irregular da merenda escolar é confiscada em Pinhalzinho

Trabalho de fiscalização foi feito pela secretaria de Educação e vigilância

Há 4d

Alimentos com irregularidades foram percebidos pela secretaria de Educação e Vigilância Sanitária, no município de Pinhalzinho (SC). As embalagens acabaram sendo apreendidas na última semana antes de chegarem na merenda dos alunos.

Segundo o secretário da pasta, Fabrício Fontana, há algum tempo o departamento está devolvendo mercadorias que porventura vieram com anormalidades. "Desta vez solicitamos à fiscalização, para que estivesse realizando uma vistoria na chegada de certos produtos. Quando novamente foi constatado que a carne era de má qualidade. Efetuamos esse pedido ao órgão para melhorar as condições dos alunos e que o pessoal pare de achar que vamos aceitar qualquer produto na merenda escolar", disse.

Fontana explicou que uma das regras é avaliar e checar todos os mantimentos. “Verificamos pontos como a validade, aspectos das embalagens e estado físico do produto. Realizamos essa triagem assim que o caminhão chega e começa a descarregar”, explicou.

O servidor comentou que no caso da carne, já havia sido feito a devolução em outras oportunidades por conta de seu aspecto e forma. “O objetivo do monitoramento é levar às mesas das escolas, os reais produtos que compramos e pagamos”, completou.

 

Últimas notícias