Dejetos no rio: PM flagra crime ambiental

Moradores denunciaram forte cheiro de esterco

Há 6d

Após várias denúncias e ligações de moradores sobre o forte cheiro de esterco, os policiais militares se deslocaram para a comunidade de Linha Araçá, interior de Maravilha, onde constataram o crime ambiental. Após varredura na propriedade, verificou-se o derramamento irregular na direção de um riacho que estava completamente escuro pelos dejetos. A esterqueira, de onde saíram os excrementos estavam praticamente vazias. O proprietário não foi encontrado no local.

 

 

Boletim da PM: “Causar poluição que resultem danos à saúde humana, ou a mortandade de animais ou destruição da flora

A Polícia Militar de Maravilha atendeu ontem, 09, uma ocorrência de Causar poluição que resultem danos à saúde humana, ou a mortandade de animais ou destruição da flora, na Linha Araçá, Interior de Maravilha-SC. A guarnição policial militar foi acionada via COPOM para atender uma ocorrência de poluição. A guarnição deslocou até o local e realizou uma varredura no interior da propriedade denunciada para averiguar um possível foco da poluição, sendo então encontrado um riacho que estava visivelmente poluído e uma esterqueira que estava com sinais de parcial esvaziamento. A guarnição também deslocou até outras propriedades em que o riacho passa e constatou que o riacho estava poluído, também os moradores próximos informaram que havia forte cheiro de esterco na tarde de ontem. Foi fotografado e filmado a esterqueira da propriedade e o início da poluição, como também, foi fotografado o riacho nas propriedades seguintes. O dono da propriedade não estava no local.  Foi confeccionado o presente Boletim de ocorrência o qual foi encaminhado à Polícia Militar Ambiental e Polícia Civil”.

Últimas notícias