Motorista de micro-ônibus que arrastou e matou adolescente é condenado

A decisão em dezembro 2018 e foi divulgada à imprensa nesta semana

Há 5d

Motorista do micro-ônibus que matou uma adolescente de 15 anos, no interior de Caibi, no Oeste de Santa Catarina foi condenado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) na direção de veículo automotor. O condutor pegou a quatro anos, nove meses e quatro dias de reclusão, em regime semiaberto, pela justiça de palmitos-SC.

A decisão ocorreu no dia 18 de dezembro de 2019 e foi divulgada à imprensa nesta semana.

Segundo informações do Núcleo de Comunicação Institucional/Oeste do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, o motorista ainda teve o direito de dirigir suspenso por quatro meses e 21 dias. Ele recebeu o direito de recorrer em liberdade. Ele recorreu da decisão.

Relembre o caso:

Na manhã do dia 17 de setembro de 2018, Samanta Melissa Cansi morreu, após ser arrastada por cerca de dois quilômetros por um micro-ônibus escolar no interior de Caibi.

A adolescente ficou presa no veículo pelo casaco ao descer do transporte coletivo e foi arrastada até a morte. O motorista disse que não viu a situação e seguiu com o ônibus até o destino.

Além do motorista, estavam no coletivo dois adolescentes, que também não perceberam que Samanta estava presa. O corpo da menina foi encontrado com múltiplas fraturas pelo pai, que foi procurar a filha após ela demorar a chegar em casa.

 

Fonte: Clic/RDC

Últimas notícias