Delegada alerta para golpe de venda de veículos por leilão na internet

Desconfie quando a oferta é boa demais

06 de Abril de 2020
  • Ouvir

    Delegada alerta para golpe de venda de veículos por leilão na internet

  • Está ocorrendo uma fraude, em âmbito nacional, onde diversos sites de leilões estão vendendo automóveis com preços e condições atrativas para serem arrematados.

    Entenda o caso:

    A vítima é seduzida a realizar o negócio, pois os sites e canais de interação com o público são criados de forma a transmitir credibilidade, inclusive, com recall de inscrição para a participação do leilão virtual, onde o arremate do automóvel é homologado e a vítima sente-se segura em transferir o valor.

    O contato é via telefone, como também, aplicativo WhatsApp e os criminosos enviam um link contendo o "termo de arrematação", o qual consta os dados para pagamento, informando a conta corrente e agência bancária, visando o depósito. Os criminosos ganham tempo, ainda, quando a transferência é via TED, onde comunicam a vítima que pode demorar o despacho do veículo até a confirmação do pagamento.

    Sendo assim, após o pagamento ser confirmado, os canais de comunicação com a empresa criminosa desaparecem, ficando a vítima sem nenhum contato com os mesmos e sem informações sobre a transferência realizada.

    Inúmeras pessoas têm sido vítimas desse golpe, especialmente, por toda a transação ser realizada virtualmente, os criminosos se baseiam na boa fé das pessoas para praticar tal delito.

    A Delegacia de Polícia de Maravilha adverte que realizar negociações de qualquer natureza, em âmbito virtual com o preço de produtos abaixo do valor de mercado, requer cautela, tendo em vista a facilidade com que os crimes virtuais são consumados.

    Portanto, antes de realizar qualquer negociação de compra e venda por meios virtuais, recomenda-se a consultar a reputação da empresa em sites especializados, tal qual, portal Reclame Aqui - www.reclameaqui.com.br - que reúne informações sobre a segurança nas transações comerciais entre empresa e clientes.

    Confira a entrevista com a delegada de Polícia Civil de Maravilha, Joelma Stang.

     

    Últimas notícias