Covid-19: Maravilha prevê fechar igrejas e bares caso chegue a 100 pacientes ativos

83 são considerados com o vírus

13 de Julho de 2020
  • Ouvir

    Covid-19: Maravilha prevê fechar igrejas e bares caso chegue a 100 pacientes ativos

  • Está previsto o fechamento de bares e igrejas a partir de 100 casos ativos de Covid-19 em Maravilha. A medida faz parte do avanço do Plano de Contingência que tem como objetivo minimizar os impactos da pandemia nas estruturas de saúde e evitar um grande número de contágios simultâneos.

    O anúncio foi feito pela prefeita Rosi Maldaner em live informativa com a presença da secretária de Saúde, Miriane Sartori; do Dr. Paulo da Silveira, clínico geral que atende na rede pública de saúde de Maravilha; do Capitão Michael Magrini, Comandante dos Bombeiros e do Sub-Comandante da Polícia Militar, tenente Junior.

    Conforme informação da secretária Miriane, o estado de Santa Catarina é um dos lugares com uma das maiores taxas de contágios do país e que a região extremo-oeste entrou em alerta laranja é considerado grave. “O nível de contágio e a ocupação hospitalar são muito graves”, enfatiza Miriane.

    A profissional também explicou que as medidas relacionadas aos bares e igrejas estão de acordo com denúncias e verificações do não cumprimento das regras nos locais e com investigação de casos positivos do novo coronavírus.

    Sartori reforçou também a importância de os idosos ficarem em casa e caso precisem de avaliação médica ou receitas e medicamentos devem utilizar o serviço “Idoso Fique em Casa” pelo telefone 49 9 8831 3851.

    Últimas notícias