Equipamento de empresa do Meio Oeste ajudará a detectar doença em gado leiteiro

O produto está sendo desenvolvido pela empresa Cowlity, de Videira

12 de Agosto de 2020

 

Um dispositivo inserido nas ordenhadeiras dos gados vai permitir a detecção precoce e o controle da doença mastite. Um analisador de células somáticas emite um alerta sobre a infecção mesmo antes de qualquer sintoma, o que evita prejuízos.

O equipamento está sendo desenvolvido pela empresa Cowlity, de Videira.

Ela faz parte do Programa Nascer, realizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) em parceria com o Sebrae.

O produto passará por validação e deve entrar no mercado até o fim de 2021, impactando diretamente a cadeia produtiva do leite. O programa, já ajudou a transformar 150 ideias inovadoras em empresas e está na sua segunda edição.

Os aprovados recebem gratuitamente todo suporte para que possam transformar um plano em um negócio viável, gerando emprego e renda.

Últimas notícias