Serpente de 1,1 metro que vibra a cauda e dá o bote é capturada

Cobra Cruzeira pode causar incidentes fatais ou mutiladores

Henrique Paulo Koch
Por Henrique Paulo Koch
16/11/2023, 14:12
Atualizado há 7 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Cobra cruzeira assusta pelo tamanho (Foto: Divulgação / Prefeitura de São Leopoldo)Cobra cruzeira assusta pelo tamanho (Foto: Divulgação / Prefeitura de São Leopoldo)

Uma cobra venenosa de 1,1 metro foi capturada no pátio de uma residência, em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A picada do animal causa necrose na pele e pode levar à morte se não tratada a tempo. O animal foi solto em seu habitat natural em uma área de mata.

Conforme dados, a espécie identificada como ‘cruzeira’ é uma serpente peçonhenta, possui porte grande e de cauda curta. A dieta é composta de pequenos mamíferos, são vivíparas, quando ameaçadas acabam se enrolando, vibram a cauda e dão o bote. 

A peçonha pode causar acidentes fatais ou mutiladores se não forem tratados corretamente com o soro antibotrópico. Ela ocupa geralmente áreas abertas e úmidas, tem sua distribuição nas regiões centro-oeste, sudeste e sul do Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina. 

Crime ambiental

Outra orientação é não ferir nem matar o animal. Conforme o artigo 29 da lei 9.605/98, matar, perseguir, capturar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida gera detenção de seis meses a um ano e multa.

Relacionadas: