Pinhalense e ADCP empatam em jogo alucinante 

Técnico Lewis disse que time se superou já que está com vários desfalques

Felipe Eduardo Zamboni
Por Felipe Eduardo Zamboni
01/05/2024, 09:51
Atualizado há cerca de 2 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Léo Roos balançou a rede duas vezes para a Pinhalense e fez com a torcida (Foto: Felipe Eduardo Zamboni)Léo Roos balançou a rede duas vezes para a Pinhalense e fez com a torcida (Foto: Felipe Eduardo Zamboni)

Nada é da noite para o dia. Essa foi uma das frases do técnico da Pinhalense após o empate em 3 a 3 com a AD Cunha Porã na noite da última terça-feira (30). A equipe de Pinhalzinho chegou a 2 pontos em três partidas até aqui na Série Prata da Federação Catarinense.

O jogo começou a mil, no primeiro ataque Léo Roos acertou a gaveta em chute forte de canhota. A ADCP empatou após cobrança de escanteio. O camisa 10 da Pinhalense queria mais e aproveitou rebote dentro da área para colocar o time novamente a frente e fazer seu segundo gol. Porém não demorou muito para Cunha Porã empatar, mais uma vez em lance de bola parada. 

Na segunda etapa, Guto recebeu lançamento de Maizena e fez um golaço de voleio. Mal deu tempo de comemorar, na saída de bola os visitantes empataram mais uma vez e o placar assim ficou, 3 gols para cada lado.

Mas se engana quem acha que as emoções foram só dentro de quadra. Na primeira etapa o técnico Mano da ADCP foi expulso, porém durante o segundo tempo um torcedor da Pinhalense viu o técnico repassando informações para seu time e foi pedir para o mesmo se retirar de lá, gerando uma grande confusão nas arquibancadas envolvendo as duas torcidas.

Após o jogo, o técnico Lewis da Pinhalense disse que o time se superou mesmo diante de todos os desfalques, mas que ainda precisa evoluir para brigar lá em cima.

O próximo compromisso do time será no dia 11 de maio fora de casa contra Videira.

Relacionadas: