Vigilância pede que população evite de levar vasos com plásticos no cemitério

Vasos em situação irregular, serão recolhidos do local

Gilmar Bortese
Por Gilmar Bortese
24/10/2023, 17:58
Atualizado há 8 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Objetos que são criadouros do mosquito serão retirado do cemitério (Foto: Tárcio Baron)Objetos que são criadouros do mosquito serão retirado do cemitério (Foto: Tárcio Baron)

A Vigilância Epidemiológica de Pinhalzinho publicou um ofício, alertando sobre o risco de uma nova epidemia de dengue no município. Os profissionais da saúde pedem que a população fique atenta e mantenha seus terrenos limpos, descartando qualquer objetivo que possa acumular água. Outra preocupação da vigilância é com a proximidade do Dia dos Finados, na qual muitas pessoas levam vasos com flores aos túmulos de entes queridos, e esses recipientes podem virar criadouros do mosquito Aedes Aegypt.

O coordenador do Programa de Combate a Dengue do município, Claudir Kollet, explica que é necessário fortalecer as ações de combate e recomenda que a população use vasos furados sem pratos e que as embalagens plásticas sejam retiradas.  

- Mais uma vez, precisamos orientar a população para o início do verão. Tudo que possa se tornar um deposito com água parada deve ser eliminado. Temos a preocupação com o Dia dos Finados, orientando a população e aos comerciantes sobre os vasos de flores, que tenham os cuidados. Estamos trabalhando muito na prevenção e orientação, mas precisamos da população para continuar na normalidade. Precisa ter uma atenção redobrada no dia dos finais – pede Claudir.  

Após o Dia de Finados, a equipe fará vistoria no cemitério e os vasos em situação irregular, serão recolhidos do local. 

Relacionadas: