Dupla suspeita de sequestro em Pinhalzinho são achados e presos

Segundo polícia, criminosos estavam escondidos em uma área rural

Henrique Paulo Koch
Por Henrique Paulo Koch
30/04/2024, 01:25
Atualizado há cerca de 2 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Polícia mobilizou efetivo em áreas rurais (Foto: Divulgação)Polícia mobilizou efetivo em áreas rurais (Foto: Divulgação)

Após um intenso trabalho que durou pouco mais de quatro meses, o departamento de roubos e antissequestro conseguiu resolver um caso que deixou a comunidade de Pinhalzinho e região preocupadas. 

Conforme o delegado Anselmo Cruz, os suspeitos são investigados por um assalto "relâmpago" que aconteceu no mês de janeiro. "Os envolvidos amararam a vítima e a levaram no carro dela, sendo que o automóvel e o jovem foram encontrados no município de Nova Itaberaba, cerca de 13 horas depois do crime", explicou.

De acordo com a autoridade, depois de longos percursos em áreas rurais do Meio-Oeste catarinense, os alvos foram presos em uma casa de madeira, bem distante da cidade de Fraiburgo. Segundo a investigação, os meliantes solicitaram R$ 150 mil como recompensa, para devolver o familiar na época.


Esconderijo encontrado pela equipe de policiais

Na operação desta segunda-feira, dia 29, os agentes passaram por estradas de terra e locais de difícil acesso até chegar ao local onde os criminosos estavam escondidos. Durante busca na residência, celulares também foram apreendidos.

Relacionadas: