Sul Brasil confirma epidemia de dengue e publica decreto de emergência 

Profissionais da saúde pedem para que população ajuda a combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti

Gilmar Bortese
Por Gilmar Bortese
22/05/2024, 17:53
Atualizado há cerca de 2 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Recipientes que possam acumular água devem ser eliminados  (Foto: Divulgação/CONAS)Recipientes que possam acumular água devem ser eliminados (Foto: Divulgação/CONAS)

Nesta quarta-feira (22), o Município de Sul Brasil decretou situação de emergência por epidemia de dengue e infestação do mosquito Aedes aegypti. Em 2024, foram registrados 37 focos, 283 larvas positivas para o mosquito, 55 notificações, 25 casos confirmados e outros 10 suspeitos. Os profissionais da saúde orientam os pacientes suspeitos ou com a doença confirmada, que fiquem em casa, assim se evita a transmissão da doença no município. 

O uso de repelente é obrigatório para o paciente, familiares e a população em geral. Pedimos para que todos cuidam com lixos, eles precisam ser eliminados para evitar possíveis criadouros do mosquito. Pedimos que as consultas sejam realizadas no primeiro horário da manhã e tarde. A dengue é uma responsabilidade de todos nós – orienta a enfermeira da epidemiologia, Ana Luisa. 

Relacionadas: