Suspeitos de roubarem alianças em boate são presos em Pinhalzinho

No dia do assalto, a proprietária do estabelecimento foi algemada pelos meliantes

Henrique Paulo Koch
Por Henrique Paulo Koch
31/01/2024, 13:49
Atualizado há 5 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Agentes durante o cumprimento das prisões (Foto: Polícia Civil)Agentes durante o cumprimento das prisões (Foto: Polícia Civil)

Uma operação policial chamada de "Magna Nox" feita em Pinhalzinho, resultou na prisão de duas pessoas na manhã desta quarta-feira, dia 31. O trabalho é resultado de uma extensa investigação que apura as autorias de um roubo a mão armada em uma casa de shows, na cidade de São Miguel do Oeste.

Conforme a delegada Joelma Alberton, os agentes tinham como meta a captura dos envolvidos no crime que causou pânico nas vítimas - todas precisaram deitar no chão durante a ação dos criminosos. No dia do assalto, a proprietária do estabelecimento foi algemada pelos meliantes. 

“Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e sete de prisão, contra os suspeitos, que na época roubaram celulares, anéis, colares e pulseiras além de um veículo”, comentou.

 

Relacionadas: