Eleições 2024: pré-candidatos já podem arrecadar recursos por meio de vaquinhas

É importante frisar que só pessoas físicas podem participar da “vaquinha” para ajudar alguém que gostaria de se candidatar

Gilmar Bortese
Por Gilmar Bortese
16/05/2024, 17:33
Atualizado há cerca de 1 mês
WhatsappFacebookTwitterTelegram
TSE autoriza vaquinha virtual para pré-candidatos  (Foto: Nativa Fm)TSE autoriza vaquinha virtual para pré-candidatos (Foto: Nativa Fm)

Pré-candidatas e pré-candidatos já podem usar a internet para arrecadar dinheiro para suas campanhas visando as Eleições Municipais de 2024, que acontecem no dia 6 de outubro. Essa é a segunda eleição municipal que vai contar com essa forma de captação de recursos. 

O Financiamento Coletivo de Campanha (FCC), também conhecido como “vaquinha virtual”, é permitido desde a reforma eleitoral de 2017, contanto que os futuros candidatos contratem uma das empresas cadastradas e autorizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Elas são responsáveis, entre outras coisas, pela identificação dos doadores, pela emissão dos recibos de doação, e pela divulgação dos valores recebidos e devem seguir uma série de regras.

Os recursos arrecadados na fase de pré-campanha serão disponibilizados à(ao) candidata(o) somente após o seu registro de candidatura na Justiça Eleitoral, a obtenção do CNPJ da campanha e a abertura de conta bancária específica.

Na hipótese de a(o) pré-candidata(o) não solicitar o registro de candidatura, a empresa deve devolver aos doadores todo o dinheiro que foi arrecadado. 

É importante frisar que só pessoas físicas podem participar da “vaquinha” para ajudar alguém que gostaria de se candidatar, já que pessoas jurídicas são proibidas de fazer doações para campanhas eleitorais.

No site do TRE de Santa Catarina, Eleições Municipais 2024 - Partidos/Candidatos, é possível consultar as empresas já autorizadas a realizar a arrecadação pela internet e saber mais sobre o Financiamento Coletivo de Campanha.

Relacionadas: