Enfermeiro do Oeste tem diploma reconhecido na Itália

País europeu incentiva entrada de profissionais da área de saúde

Henrique Paulo
Por Henrique Paulo
15/11/2023, 11:04
Atualizado há 8 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Robson Lovison mora no país europeu desde 2022 (Foto: Arquivo pessoal)Robson Lovison mora no país europeu desde 2022 (Foto: Arquivo pessoal)

Formado pelo Centro de Educação Superior do Oeste, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Chapecó, o enfermeiro Robson Lovison obteve neste ano o reconhecimento do seu diploma na Itália. Residente no país europeu desde 2022, ele já atua na área desde sua chegada.

Robson compartilha sua jornada e oferece suporte a brasileiros que desejam trabalhar no exterior por meio de seu perfil no Instagram. Segundo ele, o objetivo é “encorajar outras pessoas a viver seus sonhos”.

O egresso destaca que, devido à escassez de profissionais na “terra da bota” após a pandemia, foi implementado um decreto no país, válido até 2025 (podendo ser postergado), que permite a entrada antes da validação do título.

“O processo durou alguns meses, expresso minha gratidão aos docentes e técnicos da Udesc Oeste que me auxiliaram na preparação dos documentos, com destaque especial para a professora Rosana Amora Ascari, cuja colaboração foi fundamental”, conta.

Relacionadas: