Genro e sogro são presos em “negócio de família”

A ação visava combater o tráfico de drogas e armas

Henrique Paulo Koch
Por Henrique Paulo Koch
30/11/2023, 19:15
Atualizado há 3 meses
WhatsappFacebookTwitterTelegram
Dinheiro em espécie foram apreendidos (Foto: Polícia Civil)Dinheiro em espécie foram apreendidos (Foto: Polícia Civil)

Um trabalho em família que foi descoberto pela polícia: um genro e seu sogro foram presos em uma operação de combate ao tráfico de drogas na cidade de Ponte Serrada. A ação aconteceu nesta quinta-feira, dia 30. Segundo a polícia, além dos dois, outro homem, de 33 anos, terminou detido.

Conforme o delegado Hélder Chaves, a investida chamada “CO-IRMÃS”, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão, com o objetivo de repreender o comércio ilícito praticado por uma facção criminosa em Santa Catarina, o PGC.

Após busca em cinco residências, foram encontradas cinco armas de fogo, R$ 15.124 mil em dinheiro, além de entorpecentes, balança de precisão, 139 munições de diversos calibres e seis celulares.

Os suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional da cidade de Xanxerê. De acordo com a autoridade, o trio ficou em silêncio durante o depoimento.

Relacionadas: